Artigos


Fazer novas todas as coisas


Quarta-feira, 15 de maio de 2019


Imagem | Fazer novas todas as coisas

Em nossa caminhada pessoal, profissional e até mesmo espiritual, muitas vezes nos perguntamos qual o melhor momento para “enfrentarmos” as adversidades que se apresentam em nossas vidas. Se aparentemente estamos bem, corremos o risco de algum dia esta realidade acontecer conosco, ou quem sabe, seremos chamados a ajudar alguém que amamos e estimamos a tomar uma atitude de enfrentamento.
 
Ao nos aprofundarmos a esta realidade perceberemos que os problemas fazem parte da vida, porém ser vítima deles é uma questão de escolha. Sendo assim, não importa o quanto adiemos o embate com os nossos problemas, uma hora eles irão acontecer. Quando decidimos enfrentá-los, normalmente iremos perceber que eles, na atual realidade, não eram ou não são tão complexos ou ameaçadores quanto pareciam. Talvez o maior problema esteja em nossas manias de adiar a solução e não enfrentar nossas dificuldades no momento oportuno.
 
Na Palavra de Deus, no livro do Apocalipse encontramos: “Eis que faço novas todas as coisas. Eu sou o Alfa e Ômega, o Princípio e o Fim; e a quem tem sede eu darei gratuitamente da fonte de Água viva” (Cf. Ap 21, 5-6). De fato, fazer nova todas as coisas significa ser capaz de não adiar o passado, ou seja, não trazer ao presente às realidades que já deveriam estar solucionadas. Esta atitude nos fará pessoas melhores e menos ansiosas.
 
Fazer novas todas as coisas pode significar também a capacidade de confiarmos em nós mesmos, desenvolvermos nossas capacidades, assumir e colocar em prática os talentos que Deus nos deu, ocupar o nosso lugar, e ser capaz de transformar em novo tudo aquilo que parecia velho.
 
Você e eu somos o presente do dia de hoje, pois o passado não mais nos pertence. Somos mais novos a cada dia, pois a cada dia que nasce é Deus nos dando a oportunidade de nos renovarmos e traçarmos novas soluções aos nossos conflitos e dificuldades que fazem parte de nossas vidas, e se bem enfrentados e solucionados podem nos levar ao crescimento e a maturidade. Sejamos rosto de esperança e constante renovação onde estivermos presentes. Peçamos a Deus esta graça. Renova-me Senhor Jesus!
Imagem: Estilo Adoração

Comentários



Sobre o Autor


Seminarista Daniel Canevarollo

Daniel cursa o 1º ano de Teologia em São José do Rio Preto. E-mail: danielcanevarollo@gmail.com

Artigos do Autor