Artigos


Não percas o temor por causa do perdão


Sexta-feira, 29 de junho de 2018


Imagem | Não percas o temor por causa do perdão

(Eclo 5, 5.)
 
Tem-se se percebido muito claramente na conduta de muitos cristãos a ideia de que a misericórdia e a bondade de Deus anulam nossas culpas. Nos últimos tempos vários seguimentos da Igreja têm dado maior ênfase à dimensão do perdão e focado muito mais na afirmação de que Deus é amor do que a de que Ele fará justiça em relação aos que não cumprem com os seus ensinamentos.
 
De fato, Deus é amor e em Jesus vemos personificado esse amor incondicional e infinito, mas que ao mesmo tempo nos pede que também nós O amemos e aos nossos semelhantes. Salvo esta premissa, não podemos perder de vista jamais o fato de que, embora sendo amor, não deixará impunes nossas culpas e nossas faltas; julgará a cada um conforme o seu procedimento (Ez 18, 30). Só a partir dessa compreensão é que entendemos o constante apelo de Deus à nossa conversão: “Convertei-vos e credes no Evangelho” (M 1, 15).
 
Conversão e fé, portanto, são os pressupostos para a comunhão com Cristo e seus ensinamentos. Não obstante, conforme já aludimos anteriormente, há em muitos um certo sentimento de impunidade no que se refere à misericórdia de Deus, de modo que crer em Jesus muitas vezes não implica conversão e mudança de vida; convivem-se normalmente práticas religiosas e omissão diante das situações de injustiça, corrupção, atentado à vida e à dignidade humana.
 
O perdão, a misericórdia e a bondade de Deus, em muitas situações são utilizados para amenizar nossas culpas e diminuir nossas responsabilidades frente aos problemas de nosso tempo. Diante disso, precisamos ter claro que o amor de Deus para conosco implica que também nós O amemos e amando-O pratiquemos o amor, amor este que não se traduz apenas no dizer “Senhor, Senhor”, mas, principalmente, em tornar conhecido o Evangelho e denunciar tudo o que a ele contraria.
 
 

Comentários



Sobre o Autor


Pe. Fernando Felix Rabelo

Pe. Fernando Felix Rabelo é cooperador nas paróquias São João Batista e Nossa Senhora Aparecida de Olímpia. E-mail: fernandofelix_@hotmail.com

Artigos do Autor