Notícias


Cônsul honorário da República Tcheca traz imagem de Menino Jesus de Praga que será presenteada à Casa de Apoio Lar de Amor


Quarta-feira, 17 de julho de 2019


Foto | Cônsul honorário da República Tcheca traz imagem de Menino Jesus de Praga que será presenteada à Casa de Apoio Lar de Amor

Neste sábado (20), às 16h30, será recebida na Catedral Divino Espírito Santo a imagem do Menino Jesus de Praga presenteada pelo arcebispo de Praga, Cardeal Dominik Duka, à Casa de Apoio Lar de Amor, ligada ao Hospital de Amor, que abriga crianças e adolescentes de todo o Brasil em tratamento com câncer.
 
O Menino Jesus de Praga é uma imagem famosa de Jesus menino venerada na igreja de Nossa Senhora Vitoriosa, em Praga, na República Tcheca. Acredita-se que a imagem fora esculpida no século XVI, na Espanha, como uma cópia de outra estátua do local.
 
A imagem será trazida pelo Cônsul Honorário da República Tcheca no Mato Grosso do Sul, Evandro Trachta e Silva, junto a uma comitiva de Batayporã/MS, onde existe um oratório público dedicado ao Menino Jesus de Praga.
 
Na quinta-feira, às 16h30, será celebrada uma missa de envio da imagem na unidade do Hospital de Amor de Nova Andradina presidida pelo bispo de Naviraí/MS, Dom Ettore Dotti. A comitiva trazendo a imagem sairá de Batayporã (aproximadamente 700km de Barretos) na madrugada do sábado e fará uma parada para um momento de oração na igreja do Menino Jesus de Praga na cidade de Presidente Prudente/SP. Lá, a comitiva será recebida para um café da manhã pelo bispo de Presidente Prudente, Dom Benedito Gonçalves dos Santos, e após parada seguem para Barretos.
 
No domingo (21), a imagem será acolhida na missa das 10h na Capela Madre Paulina, e em seguida será levada para o Lar de Amor onde será solenemente introduzida na capela de orações. Dom Milton Kenan Júnior presidirá as duas missas.
 
O Lar de Amor foi inaugurado no dia 18 de setembro do ano passado, e foi construída com investimentos do Instituto Ronald McDonald. Possui mais de três mil metros quadrados e tem apartamentos especiais para pacientes indígenas e pode receber famílias inteiras resolvendo assim um problema recorrente que é a separação e perda do vínculo entre os parentes durante os longos tratamentos.
 
O montante investido pelo Instituto Ronald McDonald veio das doações recebidas por campanhas como o McDia Feliz, cofrinhos e do Invitational Golf Cup.
 
A comunidade católica está convidada a participar das celebrações.
 

Comentários