Notícias


Dom Milton foi o paraninfo da 27ª Edição do Troféu Dom José de Matos Pereira


Quarta-feira, 04 de abril de 2018


Foto | Dom Milton foi o paraninfo da 27ª Edição do Troféu Dom José de Matos Pereira

No Domingo de Páscoa (1º), no estádio de rodeios do Parque do Peão em Barretos, Dom Milton Kenan Júnior foi o paraninfo da solenidade de entrega do 27º Troféu Dom José de Matos Pereira que homenageou o criador da premiação, o jornalista João Monteiro de Barros Filho.
 
 
Desde 1992, uma personalidade com atuação marcante do desenvolvimento de Barretos recebe o troféu que ganhou o nome do primeiro bispo diocesano de Barretos, e toda a renda arrecadada com os tradicionais jantares que aconteciam no Grêmio Literário e Recreativo da cidade era revertida às entidades assistenciais do município. Este ano, em razão do Ano do Laicato, o homenageado foi o senhor Monteiro que tanto fez, ao longo de sua vida, pela Igreja, em especial pela Igreja Particular de Barretos, como por exemplo, ter se empenhado tanto na criação da Cidade de Maria, o Centro Religioso e de Formação de nosso bispado.
 
Antes da entrega do troféu, o bispo diocesano disse que estava muito feliz por participar daquele momento. “Nestes anos em Barretos o senhor é uma das pessoas extraordinárias. Pelo seu trabalho, pelo seu empreendedorismo, pela sua dedicação, se destaca na nossa diocese”, disse Dom Milton.
 
O prelado ainda relatou que o senhor Monteiro junto a Dom Antonio Mucciolo (terceiro bispo de Barretos que depois foi nomeado arcebispo de Botucatu, e faleceu em 2012), e Dom Luciano Mendes (bispo de Mariana falecido em 2006) percorreu o Brasil inteiro para implantar a Rede Vida de Televisão que presta um serviço enorme à família e à evangelização. “A Rede Vida é de fato a rede da família porque ela nasceu na família (...) e vai se mantendo graças ao trabalho do Luís Antônio e do Neto (filhos), e de seus netos”, complementou seu discurso.
 
 
“Me sinto muito lisonjeado por entregar a ele o troféu Dom José de Matos, que é primo do meu pai. Por providencia divina eu o sucedo e esse é um dos momentos mais emocionantes da minha vida em presença em Barretos (...). Parabéns seu João! Que o senhor continue com a sua simpatia, com o seu otimismo, com o seu empreendedorismo, com o seu exemplo sempre no meio de nós!”, finalizou.
 
A data também marcou o aniversário de 49 anos do jornal o Diário de Barretos, também criado pelo homenageado.
 
Após a cerimônia o cardeal arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, presidiu a celebração eucarística que foi concelebrada por Dom Milton e demais bispos e padres. O evento contou ainda com show de cantores antes e depois da homenagem.
 
Fotos: Tininho Júnior e Janio Munhoz
 

Comentários