Notícias


Em mensagem, Dom Milton fala da Esperança para o Novo Ano


Segunda-feira, 31 de dezembro de 2018


Foto | Em mensagem, Dom Milton fala da Esperança para o Novo Ano

No limiar de um novo ano, a esperança mais uma vez bate suas asas sobre nós. Não aquela esperança eufórica, superficial e passageira, mas a verdadeira esperança que se realiza lentamente, que necessita de paciência e resistência.
 
São Paulo, escrevendo aos Romanos, diz: “Nós nos gloriamos também das tribulações, sabendo que a tribulação produz a perseverança, a perseverança uma virtude comprovada, a virtude comprovada a esperança. E a esperança não decepciona, porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado” (Rm 5,3-5).
 
Conforme as palavras do Apóstolo, a esperança nasce da tribulação, exige perseverança e virtude comprovada. Os tempos difíceis são tempos de esperança. Sem os desafios e a coragem de superá-los não há, de fato, esperança. Sem vida honesta e a prática do bem é ilusão esperar. A esperança, embora dom de Deus, precisa se construir como um edifício: pedra sobre pedra.
 
“A esperança não decepciona” nos diz ainda São Paulo, porque unido a ela está o amor de Deus. Onde há justiça, onde impera a verdade, e brilha a caridade, aí Deus está. Mas, é verdadeiro também o contrário: onde falta a verdade e naufraga a justiça, onde se apaga a caridade, mesmo que mencionamos o seu nome, Deus longe estará.
 
Nossos tempos porque são difíceis nos convidam a esperar, a construir a esperança, com o esforço de cada dia por fazer que prevaleça o bem, por fazer reinar a verdade e a caridade, pois somente assim o amor de Deus se derrama em nós.
 
Que nossos votos de “Um Novo Ano feliz!” não sejam meras palavras, mas compromisso por tornar a esperança realidade. Tudo o que sonhamos para o novo ano precisa do nosso esforço, da nossa luta por fazer acontecer. Se quisermos que nossas esperanças se realizem neste ano é preciso que lutemos cada dia por elas.
 
Um novo ano repleto de esperança é o que desejo a todos os diocesanos! Feliz Ano Novo! Que no novo ano se renovem as nossas esperanças.
 
 
Dom Milton Kenan Júnior
Bispo Diocesano de Barretos
 

Comentários