Notícias


Mês Missionário Extraordinário é apresentado aos bispos reunidos na 57ª Assembleia


Segunda-feira, 06 de maio de 2019


Foto | Mês Missionário Extraordinário é apresentado aos bispos reunidos na 57ª Assembleia

Os bispos do Brasil, reunidos em Aparecida durante a 57ª Assembleia Geral da CNBB, refletiram, no dia 04, sobre o pedido do Papa Francisco para a realização do Mês Missionário Extraordinário (MME), que será realizado em outubro deste ano. O objetivo do MME, que terá como tema Batizados e enviados: a Igreja de Cristo em missão no mundo, é “despertar em medida maior a consciência missio ad gentes e retomar com novo impulso a transformação missionária da vida e da pastoral”.
 
A apresentação da proposta do papa já foi um passo em preparação para a realização do MME. Na ocasião, Dom Odelir José Magri, bispo da diocese de Chapecó (SC) apresentou a cruz missionária que, inicialmente, será entregue aos bispos representantes dos 18 regionais da CNBB e, em outro momento, será enviada para cada arquidiocese e diocese do Brasil.
 
Dom Odelir destacou as seis dimensões características do Mês Missionário Extraordinário que são: encontro, testemunho e vivência, formativa, caridade missionária, cooperação e celebrativa.
 
“Nos foi pedido, também, que o Mês Missionário Extraordinário não fosse um acrescentar outros programas além do calendário que nós temos, mas inserir dentro da programação ordinária das Igrejas locais o espírito do Mês Missionário, visando então a conversão pastoral e despertar missionariamente as nossas comunidades”, completou o bispo.
 
Para este momento forte na vida da Igreja, foi sugerido, ainda, um gesto concreto. “(...) Sugeriram que no Dia Mundial das Missões seja feito um gesto que tenha três características: a saída missionária, a oração e a oferta, que é a coleta”, disse o prelado.
 
Fonte: CNBB
 

Comentários