Notícias


Pedalada, carreata, cavalgada, missas e oficialização de ramal do Caminho da Fé marcam as festividades da Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Olímpia


Quinta-feira, 15 de outubro de 2020


Foto | Pedalada, carreata, cavalgada, missas e oficialização de ramal do Caminho da Fé marcam as festividades da Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Olímpia

A Paróquia de Nossa Senhora Aparecida de Olímpia festejou o dia de sua padroeira, no dia 12 de outubro, com programação especial, intensa e repleta de amor e fé, se adaptando à pandemia do novo coronavírus. Ao longo da solenidade, mais de 3 mil fiéis participaram das atividades com missas, cavalgada, pedalada, carreata, oficialização do ramal que integra o Caminho da Fé e visitação a imagem da Santa, na praça da igreja matriz.
 
Seguindo todas as medidas de segurança e os protocolos para a prevenção do Covid-19, os devotos previamente retiraram senhas e fizeram inscrições para participar das atividades. A paróquia celebrou sete missas presenciais com capacidade limitada de fiéis, todas com a Consagração a Nossa Senhora Aparecida.
 
 
A convite do pároco, padre frei Lucas Lisi Rodrigues, as missas foram presididas por padres de paróquias da cidade e região (frei Anízio Oliveira, Antonio Marcos Viaro, Durvano Dourado, Hamilton Baltazar, Fernando Rabelo e Flávio Pereira) mostrando que o amor a Nossa Senhora acolhe toda fraternidade com respeito e admiração.
 
O bispo diocesano de Barretos, Dom Milton Kenan Júnior presidiu a última missa do dia. O prelado ressaltou a importância da mulher e Mãe Maria, na intercessão junto a Jesus, por tantas bênçãos e ensinamentos deixados.
 
 
Além das missas, os fiéis fizeram puderam venerar a imagem de Nossa Senhora Aparecida que ficou exposta durante todo o dia numa tenda campal na praça da matriz. Muitas flores e pedidos foram depositados junto à imagem.
 
Às 13h teve início a Carreata em Louvor a Mãe Aparecida. Mais de 300 veículos acompanhados do caminhão do Corpo de Bombeiros e da imagem da santa percorreram ruas e avenidas da cidade. Ao final os devotos e os veículos receberam uma bênção especial.
 
 
 
 
 
PEDAL DA FÉ
 
 As festividades contou também com o 1º Pedal da Fé. Com a participação de cerca de 250 ciclistas que receberam com uma fita abençoada de Nossa Senhora Aparecida, simbolizando os pedidos e os nomes das pessoas que levariam no coração durante o pedal.
 
O evento teve início às 7h no Convento São Boa Ventura com a benção inicial do pároco que acompanhou os ciclistas e a imagem da padroeira pelos 35km de trajeto, até o Distrito de Álvora, em Severínia. A imagem foi saldada com uma chuva de pétalas e faixas de “Viva Nossa Senhora”, pelos amigos do Paramotor.
 
 
 
A emoção tomou conta dos participantes na chegada a Álvora, quando jovens da Pastoral da Juventude e do Grupo Sedentos de Cristo apresentaram uma Encenação do encontro da imagem da Virgem por pescadores no Rio Paraíba do Sul.
 
Os ciclistas receberam água, rapadura e frutas para reporem as energias. No retorno, espalharam sementes pelo caminho, plantando assim, esperança e fé. Cada ciclista de volta a Casa da Mãe Aparecida, recebeu aspersão com água benta, simbolizando a renovação da vida.
 
 
CAVALGADA DA FÉ
 
Cerca de 20 cavaleiros participaram da Cavalgada da Fé. Os participantes saíram da Associação dos Cavaleiros de Cristo e acompanhados por frei Anízio Rodrigues com a Imagem da Mãe Aparecida, percorreram com seus cavalos as comunidades Imaculada, Santa Clara, Perpétuo Socorro, São Benedito, Santa Filomena e São Francisco de Assis.
 
No ritmo de muita oração e gratidão, a charrete enfeitada com a imagem da padroeira foi abençoando os lares e as famílias que a saudavam com muita emoção. A cavalgada terminou com um almoço fraterno entre os participantes na Comunidade São Francisco de Assis.
 
 
RAMAL DAS ÁGUAS NO CAMINHO DA FÉ
 
Foi oficializado no dia 12 de outubro, com a presença de Dom Milton Kenan Júnior, o Ramal das Águas no Caminho da Fé que unirá Olímpia à cidade de Aparecida, onde se localiza o Santuário Nacional.
 
O ramal poderá ser percorrido por romeiros e peregrinos a pé ou com bicicletas saindo de frente à igreja matriz da paróquia. Eles passarão pelas cidades de Severínia, Cajobi, Bebedouro e Jaboticabal até se encontrarem com a rota principal de Águas da Prata.
 
 
Olímpia, que já tem o título de Estância Turística, contará com mais este turismo religioso dentro de suas atrações locais. A placa oficial foi descerrada pelo bispo diocesano, pelo pároco e pelo vigário paroquial, incentivador deste projeto, padre frei Anízio Rodrigues. Para o início do próximo ano, a paróquia já programa a construção de um Monumento onde a placa será fixada. O Ramal das Águas, nome dado ao ramal de Olímpia, faz menção às famosas águas termais do município,e será o décimo sexto ramal do Caminho da Fé.
 
O caminho proporcionará aos peregrinos momentos de reflexão, fé, oração, equilíbrio físico e psicológico, além da integração com a natureza.
 
 
Fotos: Pascom Paroquial

Comentários