Notícias


Mensagem de Natal 2021 de Dom Milton: “Deus se torna um de nós!”


Quinta-feira, 23 de dezembro de 2021


Foto | Mensagem de Natal 2021 de Dom Milton: “Deus se torna um de nós!”

Mais uma vez ressoa, na noite do mundo em que vivemos, tão tumultuado – onde somos tentados a nos tornar pequenos por causa da nossa falta de consistência humana, do encolhimento do coração, do atrofiamento do espírito – ressoa um anúncio que a cada ano quer nos acordar do sono que nos anestesia: “Nasceu para vós um Salvador, que é o Cristo Senhor” (Lc 2,11).
 
A face da terra se transformou com a presença Dele entre nós! Tão pequenino, Ele nos acorda do sono de grandeza que nos persegue; tão frágil, Ele nos ajuda a entender que a vida humana está destinada ao infinito pelo amor que dispensamos; tão pobre, Ele nos mostra que não é preciso cercar-nos de coisas inúteis para encontrarmos a paz, mas tornar-nos verdadeiramente irmãos.
 
Este Menino a cada ano nos faz ver que o nosso Deus se tornou próximo, tornou-se um de nós, para nos ensinar, convivendo com Ele, que o céu não é algo distante, mas tão perto de nós, ao alcance de nossas mãos quando se unem para socorrer e ajudar os que caminham ao nosso lado e esperam pela nossa ajuda.
 
É Natal! Deus se tornou próximo, tornou-se um de nós para alargar nossos corações, para ampliar a nossa visão, para dar sentido aos nossos sonhos tornando-os realidade.
 
Não desperdicemos o Natal, não o vivamos como uma festa cujo brilho se limita às lâmpadas, ou então a alegria se reduza a uma mesa farta ou a bebida abundante. Viver o Natal é saber reconhecer o Menino ainda hoje, nascido na pobreza de uma manjedoura, nos encontros que temos com Ele em Belém (“casa do pão”), onde ao redor da sua mesa ouvimos a sua Palavra e alimentamo-nos com o seu corpo e seu sangue.
 
O Natal é grande oportunidade de reconhecer Deus naqueles cuja presença, como o Menino de Belém, passa despercebida entre nós, sofrendo com a fome, a doença, a dor, a solidão, a falta de amor.  À medida que os reconhecemos e amamos, tudo se transforma em Natal.
 
Feliz Natal!
 
 
Dom Milton Kenan Júnior
Bispo de Barretos
 

Comentários