Artigos


Circular de fevereiro de 2018


Quinta-feira, 08 de fevereiro de 2018


Imagem | Circular de fevereiro de 2018

Barretos, 08 de fevereiro de 2018.
 
Circular 01/2018
 
Caríssimos irmãos e irmãs,
 
Na próxima quarta-feira (14), tem início o tempo santo da Quaresma e, ao mesmo tempo, na Igreja do Brasil, a Campanha da Fraternidade (CF) cujo tema neste ano é “Fraternidade e superação da violência”, com o lema “Vós sois todos irmãos” (Mt 23,8).
 
É sempre importante conhecer e refletir o tema da CF segundo o Texto-base que a CNBB publica a cada ano, apresentando a partir do método Ver-Julgar-Agir a realidade social que desperta a atenção para o tema proposto, as motivações que surgem da Palavra de Deus e as pistas para a ação concreta que expresse conversão e comunhão.
 
Partindo das palavras de Jesus (cf. Mc 7,14-15.21-23), o Texto-base afirma que “é, pois, o coração do homem que precisa ser pacificado para que possa superar a ideia que o outro é um risco a ser eliminado. A superação da violência passa necessariamente pela conversão dos atos do homem que pressupõe uma conversão de seu coração” (n.172).
 
A conversão do coração está, pois, na raiz daquela cultura de paz que tem nas palavras de Jesus a sua mais forte inspiração (cf. Mt 5,9; Jo 14,27). Ela exige que cada um de nós examine o grau de egoísmo, a lógica da competição, a cultura da vingança que se instala nos nossos corações e, que, geram discórdia e violência.
 
Não nos será difícil reconhecer a necessidade de se educar para a paz! É ainda o Texto-base que afirma: “Como ‘a paz deve estar primeiro nos espíritos, para poder verificar-se depois nos acontecimentos’ (PauloVI), a educação adquire um papel de primeira relevância” (n. 188).
 
Educar para a paz equivale valorizar sempre o respeito pelo outro, a capacidade de escutá-lo, o esforço para o diálogo, a renúncia às atitudes de discriminação e preconceito, o compromisso com a tolerância evangélica, à confiança, o perdão e ao amor gratuito. Tudo isso não se improvisa, mas exige amadurecimento constante.
 
Assim, “a Igreja pensa que, por meio de cada um de seus membros e por toda a sua comunidade, pode ajudar muito a tornar mais humana a família humana e a sua história. Ninguém pode eximir-se de suas responsabilidades, imaginando que a violência sempre está ‘no outro’. É preciso que cada um se pergunte: ‘O que tenho feito para ajudar a construir uma cultura de paz?’. (n. 223).
 
Desejo a todos os diocesanos uma Santa Quaresma, que percorrendo o caminho para a Páscoa possamos ajudar a promover, partindo sempre da conversão pessoal, um mundo de justiça, perdão e paz!
 
 
Dom Milton Kenan Júnior
Bispo Diocesano de Barretos
 
 
AGENDA EPISCOPAL - FEVEREIRO 2018
 
06  - Reunião do Secretariado de Pastoral, na Cúria Diocesana, às 9h
        Reunião Comissão de Festas do “Arraial da Alegria, na Casa de Encontros “D. Antonio M. Mucciolo”, na Cidade de Maria, às 20h
07 – Reunião da Equipe Diocesana do Setor Família, na Residência Episcopal, às 20h
08 – Reunião Geral do Clero, na Casa de Encontros “D. Antonio M. Mucciolo”, na Cidade de Maria, às 8h30
       Santa Missa, na Capela S. Josefina Bakita, às 20h
11 – Santa Missa no Retiro de Jovens “Rebanhão”, na Paróquia Sant'Ana, em Ipuã, às 10h
14 – QUARTA FEIRA DE CINZAS (INÍCIO DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE) - Santa Missa com benção e distribuição de cinzas na Catedral Diocesana “Divino Espírito Santo”, às 19h30
15 – Reunião com Equipe Diocesana de Formadores, na Residência Episcopal às 10h
16 – Reunião da Província Eclesiástica de Ribeirão Preto e do Sub-Regiãol RP II, em Casa Branca, às 10h
18 – Santa Missa de Abertura do Ano Letivo com a Past. Educação, na Catedral Dioc. “Divino Espírito Santo”, às 9h30
19 – FESTA DA DEDICAÇÃO DA CATEDRAL – Santa Missa de Abertura do Curso de Teologia para Leigos “S. Tomás de Aquino”, na Catedral Divino Espírito Santo, às 19h30
20 – Reunião do Conselho de Presbíteros, na Residência Episcopal às 9h
21 – Reunião do Conselho Administrativo Diocesano, na Cúria Diocesana, às 14h30
24 – Reunião do Conselho Diocesano de Pastoral, na Cúria Diocesana, às 14h
26 a 02 de Março – Retiro Espiritual para o Clero da Diocese de Porto Velho (RR)
 
 

Comentários



Sobre o Autor


Dom Milton Kenan Junior

Dom Milton é o 6º bispo da Diocese de Barretos. E-mail: dommilton@diocesedebarretos.com.br

Artigos do Autor